A representação portuguesa da empresa sueca IKEA decidiu aumentar o salário mínimo dos seus colaboradores para os 600€ brutos mensais “numa altura em que o governo português revê o salário mínimo nacional para 530€”.

Em comunicado, a IKEA Portugal explica que vai “aumentar o salário dos seus colaboradores base numa média de 2,38%, o que contrasta com a previsão de 0,5% para a subida da inflação em 2015”. Este aumento é, lê-se no mesmo documento, “fruto do excelente trabalho dos nossos 1.500 colaboradores” sendo uma forma de ” reconhecermos e retribuirmos o seu compromisso, especialmente dos que estão nos escalões de entrada”.

Citando Christiane Thomas, Retail Manager da IKEA Portugal, o comunicado revela ainda que “esta decisão vem no seguimento da estratégia de posicionar a IKEA como um dos melhores empregadores globais”.

Para além disto tudo é ainda explicada estratégia de recursos humanos da empresa dando-se o exemplo do programa “TACK!” onde “todos os profissionais elegíveis em Portugal recebem o mesmo montante, proporcional em relação às horas trabalhadas, independentemente do seu departamento, da posição ou do nível salarial”.