Moreirense e Nacional empataram a zero, em jogo da segunda jornada do grupo B da Taça da Liga de futebol, que coloca os madeirenses fora da corrida e obriga os minhotos a ganhar ao Benfica.

Os ‘encarnados’, que venceram terça-feira o Oriental, por 1-0, mantêm-se na liderança do grupo e só resta ao Moreirense tentar vencê-los em casa no último jogo desta fase.

Com muitas novidades em ambos os ‘onzes’ face às apostas habituais em jogos para o campeonato, destaque para as estreias de Fábio Espinho, emprestado pelo Málaga (Espanha) ao Moreirense, e de Joan Román, que chegou ao clube insular por empréstimo do Sporting de Braga.

O Moreirense protagonizou uma primeira parte de sentido único e a rondar por várias vezes a baliza de Gottardi. Rafa Sousa, de cabeça, foi o primeiro a tentar aos cinco e 14 minutos, primeiro a passe de Pedro Coronas e depois de Alans Shons, mas ambas as tentativas acabaram nas mãos do guardião madeirense.

Aos 30 minutos, foi a vez de Boateng atirar ao poste e quatro minutos depois, aos 34, Luís Carlos atirou por cima, praticamente a ‘raspar’ a trave.

O Nacional só apareceu em jogo após o intervalo, tornando-se mesmo mais ameaçador do que a equipa minhota. Bonilha atirou ao lado aos 51 minutos e esteve perto de marcar meia hora depois, após cruzamento de Jota, mas permitiu a defesa de Nilson.

Pelo meio, destaque para as tentativas de Fati aos 49 e de Camacho aos 56, mas o ‘nulo’ teimava em permanecer no marcador, assim como o jogo ia perdendo intensidade e mantinha-se morno.

Jogo no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freiras, em Moreira de Cónegos.

Moreirense – Nacional, 0-0.

Equipas:

  • Moreirense: Nilson, Pedro Coronas, André Micael, João Sousa, Patrick, Rafa Sousa, Fábio Espinho, Alan Schons (Vítor Gomes, 79), Luís Carlos (Rafael Martins, 65), Boateng e Fati (Iuri Medeiros, 74).

(Suplentes: Victor Braga, Danielson, Vítor Gomes, Palhinha, Ernest, Iuri Medeiros e Rafael Martins).

Treinador: Miguel Leal.

  • Nacional: Gottardi, Campos, Miguel Rodrigues, Alan, Mauro, Boubacar (Witi, 46), Bonilha, Joan Román (Luís Aurélio, 70), Edgar Abreu, Jota e Camacho (Salvador Agra, 65).

(Suplentes: Rui Silva, João Aurélio, Rui Correia, Aly Ghazal, Salvador Agra, Willyan e Witi).

Treinador: Manuel Machado.

Árbitro: Jorge Ferreira (Braga).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Alan Shons (40) e Miguel Rodrigues (45).

Assistência: 514 espetadores.