O banco Goldman Sachs registou uma descida dos seus lucros em 2015 devido às multas que teve de pagar para resolver questões judiciais na sequência de práticas anteriores, indicam os resultados divulgados hoje.

Em todo o ano de 2015, o Goldman Sachs teve um lucro de 5,6 mil milhões de dólares, uma redução de 31% em relação ao ano anterior.

Os lucros registados no quarto trimestre do ano também caíram para 574 milhões de dólares.

Na passada quinta-feira o Goldman Sachs anunciou que chegou a um acordo de princípio com as autoridades norte-americanas para pagar 5,06 mil milhões de dólares de forma a resolver um litígio no imobiliário que remonta à crise financeira de 2008.

O banco dirigido por Lloyd Blankfein foi posto em causa pela venda entre 2005 e 2007 de uma carteira de empréstimos imobiliários para aquisição de habitação titularizados, isto é, convertidos em produtos financeiros que provocaram perdas abissais aos compradores finais.

EO (RN) // ATR

Lusa/fim