O número de vítimas mortais relacionadas com a tempestade que está assolar a costa leste dos Estados Unidos da América subiu para 19, avança a Reuters. A tempestade, já considerada histórica — e batizada de “Snowzilla”, referência que cruza “neve” e “Godzilla”, o monstro lendário — deverá afetar cerca de 85 milhões de norte-americanos, o que equivale a cerca de um quarto da população daquele país, e poderá causar mais de mil milhões de dólares (qualquer coisa como 926 milhões de euros) de prejuízo.

Aos milhares de voos cancelados acrescenta-se a probabilidade de dois dos principais aeroportos de Washington D.C., Ronald Reagan Washington National e Dulles International, permanecerem de portas fechadas neste domingo.

As pessoas foram aconselhadas a ficar em casa, o que já provocou uma correria aos supermercados e consequente esvaziamento de prateleiras, e estados de emergência foram declarados em vários estados, entre os quais se encontram Nova Iorque, Tennessee, Georgia, Kentucky, Carolina do Norte e Nova Jérsia. A maior queda de neve aconteceu no estado da Virginia Ocidental, onde se registaram cerca de 100 centímetros de neve.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Não obstante o mau tempo, há quem aproveite a situação para sair de casa e tirar proveito do manto de neve.