José Sá e Marega estariam perto de Alvalade, mas acabaram no FC Porto. O anúncio das contratações do guarda-redes e avançado do Marítimo foi publicado no site oficial do clube madeirense. O avançado e o guarda-redes assinaram até junho de 2020, com cláusulas de rescisão de 40 e 30 milhões de euros, respetivamente. Os valores das transferências ainda não foram publicados.

José Sá, natural de Braga, tem 23 anos e saltou para a ribalta depois do segundo lugar no Campeonato da Europa Sub21, em junho de 2015 — os portugueses perderiam apenas nos penáltis contra a Suécia. Sá, com 192cm e 84 quilos, chegou ao Marítimo em 2011/12, quando ainda era júnior. O guarda-redes jogava no Benfica. Antes passou por Merelinense e Palmeiras, equipas da Associação de Futebol de Braga.

Moussa Marega, de 24 anos, nasceu em Paris, mas tem dupla nacionalidade maliana. O avançado de 186cm e qualquer coisa como 83 quilos estava na segunda época ao serviço do Marítimo. Este ano já havia festejado cinco golos no campeonato, competição na qual disputou 1166 minutos. Na época passada marcou sete em 1102 minutos. Antes de chegar à ilha da Madeira, Marega atuou no Espérance Tunis da Tunísia, Amiens, Le Poiré-sur-Vie e Evry, estes três de França. Não deixa de ser digno de registo que em apenas três anos saltou do terceiro escalão do futebol francês para o FC Porto.

Depois da contratação do treinador José Peseiro, Pinto da Costa oferece agora os primeiros reforços de inverno para o plantel. A estreia e primeira vitória do novo treinador dos dragões foi precisamente contra o Marítimo, no Dragão. Os homens da casa venceram por 1-0, com um autogolo de Salin. José Sá foi suplente e Marega foi substituído aos 32′.