O Sport Lisboa e Benfica (SLB) pediu a adesão à Confederação Empresarial da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CE-CPLP), disse à agência Lusa o secretário-geral da instituição.

Segundo o empresário guineense José Medina Lobato, a candidatura deverá ser aprovada na próxima reunião da direção da instituição, marcada para 28 de fevereiro próximo, em Díli.

Por outro lado, acrescentou Medina Lobato, a instituição já deu “luz verde” para a criação da Federação das Mulheres Empresárias e Empreendedoras da CPLP (FMM-CPLP) e está a preparar a institucionalização da Federação dos Jovens Empresários da CPLP (FJE-CPLP).

Outra iniciativa liderada pela CE-CPLP é a criação do Instituto de Certificação dos Produtos Alimentares dos países lusófonos (ICPA-CPLP).

Todas as iniciativas, à semelhança do pedido de adesão do clube de futebol português, serão analisadas e, possivelmente aprovadas, na reunião de Díli.

Liderada pelo empresário moçambicano Salimo Abdula, a CE-CPLP é uma organização que visa o desenvolvimento da cooperação entre estruturas associativas dos países-membros da CPLP – Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

A instituição, criada a 04 de junho de 2004, em Lisboa, pretende também criar condições para o desenvolvimento de negócios no quadro dos espaços económicos onde estão inseridos no espaço lusófono.

Atualmente, a Confederação Empresarial da CPLP conta com 117 associados – 13 efetivos fundadores, 23 efetivos, 78 aderentes, dois honorários e um benemérito.