O Santander Totta convocou uma assembleia-geral extraordinária para deliberar sobre a proposta de mais um aumento de capital de até 300 milhões de euros em novas ações ao preço de um euro cada.

A reunião magna está marcada para 29 de fevereiro pelas 10:30 na sede do banco, em Lisboa.

Já em dezembro passado, o banco liderado por Vieira Monteiro tinha realizado um aumento de capital de 300 milhões de euros, tendo então o capital social passado a ser de 956,7 milhões de euros.

Caso o aumento de capital hoje anunciado também avance, o capital social do banco passará então a 1.256,7 milhões de euros.

À semelhança da operação de dezembro, desta vez cada ação também é vendida a um euro por ação, sendo que os títulos serão “oferecidos à subscrição exclusiva dos acionistas”.

O português Santander Totta é detido sobretudo pelo banco espanhol Santander.

Na quarta-feira foi conhecido que o Banco Santander Totta aumentou os lucros em 50,9% em 2015 para 291,3 milhões de euros.

O Totta comprou em dezembro parte da atividade bancária do Banif, no âmbito da resolução deste, por 150 milhões de euros.

O banco foi ainda um dos interessados na primeira tentativa de venda do Novo Banco, mas o presidente da entidade escusou-se na quarta-feira a comentar especificamente a ida ao novo processo de alienação do Novo Banco.