António Costa está confiante de que, quando chegar o Conselho de Ministros de quinta-feira, o Governo português já terá chegado a acordo com a Comissão Europeia sobre o Orçamento de Estado de 2016, conforme noticiou o Público.

O Governo não vai abdicar do fim das medidas de austeridade – apesar das críticas de Bruxelas – e, conforme disse o primeiro-ministro, “os compromissos eleitorais e com os parceiros de acordo não estão em causa”. O primeiro-ministro afirmou ainda que “o diálogo técnico decorre sereno e positivo”.

Na próxima sexta-feira, António Costa irá a Berlim, mas o primeiro-ministro informou o Público que a viagem se destina a discutir a crise dos refugiados e não o Orçamento de Estado de 2016.