“O Caso Spotlight”, baseado na investigação jornalística sobre abusos sexuais a menores na igreja católica, foi premiado este domingo como melhor filme do ano pelo Sindicato de Atores dos Estados Unidos (SAG), atribuídos em Los Angeles.

Leonardo DiCaprio (“The Revenant — O Renascido”) e Brie Larson (“Room – O quarto de Jack”) conquistaram os prémios de melhor ator e melhor atriz.

Nas categorias televisivas, “Downton Abbey” ganhou o prémio de melhor série de drama e “Orange is the New Black” venceu na categoria de melhor série de comédia, numa gala que primou pelo reconhecimento a atores negros, depois de instalada a polémica pela alegada falta de diversidade nas nomeações para os Óscares.

A 22.ª edição dos prémios do SAG decorreu no Shrine Exposition Center, de Los Angeles (Califórnia).