Novak Djokovic venceu o sexto Open da Austrália. Andy Murray perdeu a quinta final daquele torneio, a quarta vs. Novak. Ou seja, a tradição ainda é o que era e teima em não mudar. Murray fez tremer Djoko no segundo set, mas falhou. O sérvio fez valer a fama de “mente de ferro” e acabou a erguer mais um caneco: 6-1; 7-5 e 7-6.

Aos 28 anos, Djokovic continua a engrandecer a lenda: ganha pela sexta vez e afasta-se de André Agassi (1995, 2000, 2001, 2003) e Roger Federer (2004, 2006, 2007, 2010), que “só” ganharam em quatro ocasiões.

As fotografias da final no Rod Laver Arena valem a pena. Não há fotografias do árbitro da final, Carlos Ramos, mas deixamos aqui uma entrevista do português ao Observador, em janeiro de 2015.