Abul Bajandar, o “homem-árvore” do Bangladesh, vai submeter-se a uma cirurgia para remover as enormes verrugas que há dez anos começaram a crescer nas suas mãos, refere a France-Presse. Para a operação, que será realizada no hospital público de Dhaka, o maior do país, foi reunida uma equipa de especialistas que procurarão retirá-las sem danificar os nervos ou provocar outros problemas se saúde. Os custos da cirurgia ficarão a cargo do hospital.

As primeiras verrugas começaram a aparecer quando Bajandar era ainda adolescente. Inicialmente, o homem de 26 anos pensou que eram inofensivas e tentou até mesmo cortá-las, mas o processo era demasiado doloroso. “Depois, tentei ir a um homeopata da aldeia, mas aqueles medicamentos só pioraram a minha condição”, contou à France-Presse. Bajandar também consultou médicos na vizinha Índia, mas não tinha como pagar a operação.

Abul Bajandar (L), 26, dubbed "Tree Man" for massive bark-like warts on his hands and feet, sits at Dhaka Medical College Hospital in Dhaka on January 31, 2016. A Bangladeshi autodriver dubbed "Tree Man" for massive bark-like warts on his hands and feet will finally have surgery to remove the growths that first appeared 10 years ago, a hospital said on January 31, 2016. The massive warts, which first started appearing when he was a teenager but began spreading rapidly four years ago, have been diagnosed as epidermodysplasia verruciformis, an extremely rare genetic skin disease that makes the person vulnerable to warts. AFP Photo/ Munir uz ZAMAN / AFP / MUNIR UZ ZAMAN (Photo credit should read MUNIR UZ ZAMAN/AFP/Getty Images)

Inicialmente, o bangladeshiano pensava que as verrugas eram inofensivas (MUNIR UZ ZAMAN/AFP/Getty Images)

Há quatro anos, as verrugas começaram a crescer cada vez mais depressa. “Pensei que eram inofensivas mas, a pouco e pouco, perdi a capacidade de trabalhar. Agora existem dúzias de raízes com cinco ou sete centímetros nas minhas mãos, e tenho algumas pequenas nas minhas pernas”, admitiu.

Apesar de vulgarmente conhecida como a “doença do homem-árvore”, a epidermodysplasia verruciformis é uma doença de pele extremamente rara que provoca o crescimento de grandes verrugas, semelhantes a raízes. Bajandar é um dos três casos conhecidos no mundo inteiro e o único identificado no Bangladesh.