O selecionador de futebol da Suécia, Erik Hamrén, deixará o cargo após o Europeu de França, a disputar entre 10 de junho a 10 de julho, revelou hoje a Federação sueca da modalidade.

“Ele disse-nos que irá parar”, justificou Lars-Christer Olsson, um dos representantes da federação, em declarações à estação de televisão pública, SVT.

No cargo desde 2009, Hamrén foi o responsável por convencer o internacional Zlatan Ibrahimovic a regressar à equipa, depois de quase um ano de ausência do avançado.

Apesar de ter falhado a eliminação para o Mundial201, eliminada por Portugal no ‘play off’, a Suécia conseguiu agora o apuramento para o Europeu de 2016, também na eliminatória a duas mãos, mas afastando a Dinamarca.

A Suécia integra o grupo E do Europeu, no qual terá como adversárias a Bélgica, Itália e República da Irlanda.