A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) do Brasil autorizou a venda de testes para diagnóstico do vírus Zika, chikungunya e dengue. A informação foi publicada no Diário Oficial da União.

Os exames utilizam uma metodologia capaz de fazer a deteção de anticorpos relacionados com os três vírus de forma combinada.

Um dos produtos é capaz de determinar a presença do Zika depois da fase aguda da infeção, usando uma metodologia de reação em cadeia da polimerase.

Antes da decisão da Anvisa, o país só tinha disponível em laboratórios um tipo de diagnóstico para o Zika, feito pelo método conhecido como PCR, eficaz quando a pessoa apresenta sintomas da doença.

Com a autorização, laboratórios poderão aumentar a capacidade de diagnóstico das pessoas infetadas pelas três doenças.

A agência brasileira também informou que já analisou outros dois produtos para determinar a presença da chikungunya e da dengue pela metodologia de reação em cadeia da polimerase.