Setenta e nove empresas portuguesas vão participar na feira Ambiente, em Frankfurt, na Alemanha, das quais 51 integram a comitiva da Nerlei – Associação Empresarial da Região de Leiria, que organiza a participação conjunta de Portugal no certame.

Em nota de imprensa, a Nerlei informa que esta ação “insere-se num projeto mais abrangente que a Nerlei tem vindo a liderar, em ligação com diversas entidades, nomeadamente Messe Frankfurt, AICEP, Embaixada de Portugal na Alemanha e Governo português”, com o objetivo de Portugal ser indicado “como país anfitrião da feira Ambiente, em 2019”.

Na organização conjunta da Nerlei estão 51 empresas de setores de atividade ligados à cerâmica decorativa e utilitária, louça metálica, cutelarias, vidro, velas, utilidades domésticas, têxteis-lar, produtos de embalagem, candeeiros, acessórios em cortiça, artigos de beleza, bens de consumo e design industrial, que vão expor os seus produtos em Frankfurt, na feira que decorre entre os dias 12 e 16 de fevereiro.

O comunicado refere ainda que “participam a título individual mais 28 [empresas], num total de 79 empresas portuguesas, que irão ocupar um espaço total de 3.190 metros quadrados”, num investimento total superior a dois milhões de euros.

“Esta iniciativa integra o projeto IB (International Business), promovido pela Nerlei, que tem como objetivo estimular a presença das PME no mercado internacional”, lê-se ainda no documento.

A Nerlei informa ainda que, “na qualidade de organizadora da participação conjunta de empresas portuguesas, naquela que é a maior feira mundial dedicada à fileira casa há já 16 anos”, convidou o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, para presidir à comitiva.

“A Feira Ambiente apresenta-se como a maior feira internacional de bens de consumo, contemplando uma imensa variedade de produtos para a mesa, cozinha, casa, mobiliário e produtos para oferta. Em 2015, teve 4814 expositores e 134.620 visitantes, 53 por cento dos quais de fora da Alemanha”, acrescenta ainda a nota e imprensa.