Se este artigo fosse acompanhado de uma banda sonora, é provável que a “Marcha Imperial” estivesse a ecoar alto e bom som. A Guerra das Estrelas ou, neste caso, as personagens da saga interestelar que em 2015 deu origem a mais um filme são uma das grandes inspirações para os fatos de Carnaval deste ano. Que o diga Olga Canha que, entre Darth Vader e Stormtroopers, não tem mãos a medir neste período de festas. A proprietária das lojas Party Fiesta, em Lisboa, olha para o Entrudo como as restantes lojas olham para o Natal. Só não é preciso embrulhar — a menos que esteja a pensar vestir-se de presente.

“Nos adultos, o grande boom deste ano é sem dúvida a Guerra das Estrelas e, nas crianças, o Frozen“, diz Olga Canha. “As mais pequenas adoram vestir-se de Elsa e, para além do vestido, ainda compram perucas com longas tranças para ficarem parecidas com a personagem principal do filme.” Mas a guerra das máscaras não fica por aqui. Um dos temas populares, em Portugal e no Brasil, é o Egito. “O videoclip “Dark Horse” de Katy Perry foi uma boa campanha para impulsionar esta moda”, conta a proprietária. Em armazém há fatos de faraós, árabes, egípcios e de rainha do Nilo para todos os gostos… até o stock esgotar.

katy-perry-dark-horse-billion-thatgrapejuice

Katy Perry, vestida de Cleópatra, foi uma das grandes inspirações para os adultos em 2016. (foto: YouTube/KatyPerryVEVO)

Cristina Ribeiro, responsável pela loja Partyland, nas Laranjeiras, ainda vai mais longe. “Para além dos fatos clássicos da Disney, a procura pelos hippies tem aumentado significativamente”, diz. Quem não tem a mesma sorte são as bruxas e fantasmas que já ninguém quer. “Como o Halloween é cada vez mais popular em Portugal, as máscaras assustadoras já não vendem tanto no Carnaval”, explica Ana Teixeira, funcionária da loja Mascarilha. “Tudo acaba por ser vendável mas claro que, todos os anos, existem picos de procura.”

Nas grandes apostas do ano entram os fatos de corpo inteiro — ou mascotes — de vaca, elefantes e tigres que são maioritariamente procurados pelo sexo masculino. “As mulheres preferem fatos sexy de gatas, princesas e mexicanas“, acrescenta Olga Canha. Tanto os piratas como o Capuchinho Vermelho já eram. O que está a dar (também) são as máscaras de cara — seja de Darth Vader ou de Barack Obama — que pedem o mínimo de esforço e garantem um bom resultado final.

Texto editado por Ana Dias Ferreira.