O fundador do grupo Earth, Wind & Fire, Maurice White, morreu na quarta-feira aos 74 anos, revelou o seu irmão. White, sofria há vários anos da doença de Parkinson, o que o forçou a parar com as digressões, e morreu na sua casa, em Los Angeles.

“O meu irmão, herói e melhor amigo Maurice White morreu pacificamente na noite passada durante o sono”, anunciou na quinta-feira o seu irmão e membro do grupo, Verdine White, na rede social Facebook.

“O mundo perdeu mais um grande músico e uma lenda, mas a nossa família pede respeito pela nossa privacidade neste momento em que começamos aquilo que será uma transição muito difícil e que terá um impacto significativo nas nossas vidas”, realçou.

Maurice White fundou o grupo Earth, Wind & Fire em 1969 em Chicago e rapidamente passou a ser conhecido graças ao seu talento em escrever letras. Considerava-se um herdeiro dos grandes nomes do jazz, mas desenvolveu um novo tipo de música, associando R&B, rock, soul e funk.

O grupo, conhecido por êxitos como “Let’s Groove” e “Boogie Wonderland”, “September”, “Shining star” ou “After the love has gone”, vendeu perto de 100 milhões de álbuns em todo o mundo.

[Veja aqui o videoclip de “Let’s Groove”]

Os Earth, Wind & Fire foram pioneiros a fazer cair os tabus raciais na pop e, embora nunca tenham desaparecido por completo, “reapareceram” na cena musical depois da eleição do Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que convidou o grupo a ir à Casa Branca.

A estrela da NBA Magic Johnson qualificou a banda como “a maior da história”. A ministra da Justiça norte-americana, Loretta Lynch, lamentou, na rede social Twitter, a morte do músico, referindo-se a Maurice White como a “voz” da sua geração.

Maurice White, a título individual ou como membro do grupo, conquistou sete Grammys, após 21 nomeações para os prémios.

“O seu infalível instinto, tanto como músico como homem do espetáculo, ajudou a impulsionar o grupo para a glória internacional, influenciando inúmeros músicos pelo caminho”, reagiu, por seu turno, em comunicado, a The Recording Academy, que atribui os Grammy.

A organização anunciou a 16 de janeiro que os Earth, Wind & Fire iriam ser agraciados com um Grammy pelo conjunto da sua carreira musical na cerimónia de entrega dos prémios prevista para o dia 15 de fevereiro.

Entre os artistas que deviam ser homenageados nessa gala pelo conjunto da sua carreira musical figura também o grupo Jefferson Airplane. O seu cofundador, Paul Kantner, e o primeiro vocalista, Signe Toly Anderson, morreram na semana passada, também aos 74 anos.