O embaixador que preside atualmente ao Conselho de Segurança da ONU, o venezuelano Rafael Ramirez Carreno, disse neste domingo que “há consenso” dos membros para condenar o lançamento de um ‘rocket’ pela Coreia do Norte. “Temos consenso para condenar este tipo de violação das sanções da ONU”, disse.

Ramirez Carreno falava à imprensa no início da reunião de emergência do órgão executivo das Nações Unidas, pedida pelos Estados Unidos e pelo Japão depois de a Coreia do Norte anunciar o lançamento de um míssil de longo alcance que a comunidade internacional considera ter sido um ensaio balístico. A reunião do Conselho realiza-se à porta fechada.