Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Foram 1.516 operações de financiamento que envolveram startups tecnológicas da Europa e Israel e que totalizaram 11,92 mil milhões de euros, em 2015, segundo o estudo promovido pela Tech.eu.

As startups que atuam no setor financeiro e no de comércio eletrónico foram as que reuniram mais rondas de investimento, em termos de quantidade e de valor. O setor da alimentação foi o terceiro mais concorrido em termos de valor e o da saúde em número de operações.

Só a Alemanha e o Reino Unido foram responsáveis por mais de 50% do número de operações e do capital investido. Israel foi o terceiro mercado a atrair maior número de operações de financiamento, em 2015.

Os investidores mais ativos foram as capitais de risco alemãs High-Tech Gründerfonds e Index Ventures, bem como a escandinava Northzone VC.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR