A Autoridade Nacional da Proteção Civil registou hoje 152 ocorrências devido ao mau tempo, a maioria cheias, inundações e deslizamentos de terras, e ainda a suspensão de comboios em três linhas ferroviárias do país.

“No dia de hoje, até às 11:00, registaram-se 152 ocorrências, das quais 71 cheias e inundações, 34 movimentos de massas [deslizamento de terras], 31 vias obstruídas e 13 quedas de árvores, entre outras ocorrências de menor peso”, afirmou à Lusa fonte da proteção civil.

Segundo a mesma fonte, o balanço do mau tempo nas primeiras horas de hoje mostra que aconteceu “o que era expectável”, e que foi nas bacias previstas que se registaram as maiores cheias e inundações.

Aveiro, com 29 ocorrências, foi o distrito mais fustigado pelo mau tempo, seguindo-se Braga (27 ocorrências), Coimbra (24) e o Porto (23), segundo dados da mesma fonte.

“Mas as ocorrências registadas não estão a criar constrangimentos à população em geral”, afirmou, adiantando que, além das estradas que foram cortadas devido ao mau tempo, por estarem inundadas, as cheias e inundações levaram a suspender a circulação ferroviária nas linhas da Beira Alta, no concelho Mortágua (distrito de Viseu), do Norte, em Estarreja (distrito de Aveiro) e, a mais recente, a linha do Douro no concelho de Baião (distrito do Porto).

Ao início da manhã de hoje, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) aumentou para dez o número de distritos sob aviso meteorológico laranja, mais seis do que no final do dia de sexta-feira.

Faro, Setúbal, Lisboa, Leiria, Beja e Coimbra constam hoje também da lista de aviso meteorológicos de chuva intensa e forte agitação marítima, juntando-se a Porto, Viana do Castelo, Aveiro e Braga.

Nesses dez distritos, o IPMA espera ondas com cinco a sete metros, mas que durante o dia podem vir a atingir dez a 12 metros de altura máxima, e chuva persistente e por vezes forte.

O balanço da Proteção Civil durante as 24 horas do dia de sexta-feira era de 458 ocorrências em todo o país relacionadas com episódios de mau tempo, sobretudo inundações e deslizamentos de terra.