Contactado pela agência Lusa na sequência de várias queixas de contribuintes, que davam conta de que desde a meia-noite de hoje não conseguiam validar faturas, o Ministério das Finanças disse tratar-se de “um erro do sistema”, que já está “a ser tratado”.

Várias pessoas queixaram-se de que ao aceder ao ‘site’ do e-fatura lhes aparecia uma mensagem a dizer: “Já não é possível completar a informação das faturas de anos anteriores a 2016.”

O prazo para os contribuintes registarem as faturas no sistema ‘online’ e-fatura termina hoje.