O Governo sírio aprovou a entrada de ajuda humanitária em sete áreas sitiadas no país, anunciou hoje a ONU, que já está a preparar a ajuda que deve ser distribuída às populações.

As localidades em questão são Deir Ezzor, Fua e Kefraya, na província de Idleb, e Madaya, Zabadani, Kafr Batna e Moadamiya, na periferia de Damasco, afirmou em conferência de imprensa o porta-voz da ONU, Farhan Haq.

Todas aquelas áreas foram identificadas pela comunidade internacional como das mais necessitadas e estavam incluídas na iniciativa para facilitar a ajuda humanitária negociada a semana passada em Munique, Alemanha.

Segundo Haq, a ONU está a preparar os comboios humanitários para que possam partir o “quanto antes”, em princípio nos próximos dias.