O papa Francisco, a realizar uma visita ao México, protagonizou na terça-feira um momento inédito quando se irritou com o entusiasmo excessivo de um admirador, atitude que foi, segundo um esclarecimento do Vaticano, uma “reação humana”.

O papa de 79 anos estava a saudar várias pessoas em cadeiras de rodas na cidade mexicana de Morelia (oeste do México), quando um membro da multidão o puxou com mais força. Francisco desequilibrou-se e caiu em cima de uma criança em cadeira de rodas.

Segundo um vídeo divulgado no ‘site’ de partilha de vídeos YouTube, o papa recompôs-se com a ajuda dos seguranças e sorriu ligeiramente, antes de ficar muito sério e dirigir-se num tom irritado ao admirador: “Não seja egoísta. Não seja egoísta”.

Depois voltou a sorrir e distribuiu rosários.

“Foi uma reação humana normal” perante determinados admiradores “com um entusiasmo excessivo”, afirmou o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, em declarações aos jornalistas na terça-feira à noite na Cidade do México.

O papa Francisco termina a sua primeira viagem pontifical ao México na quinta-feira.