O alemão Tony Martin (Etixx-QuickStep) assumiu a liderança da Volta ao Algarve em bicicleta, em Sagres, após ter sido segundo classificado no contrarrelógio da terceira etapa, atrás do suíço Fabian Cancellara (Trek-Segafredo).

Cancellara, campeão do mundo de contrarrelógio em 2006, 2007, 2009 e 2010, concluiu os 18 quilómetros do ‘crono’ em 20.57 minutos, menos cinco segundos do que Martin, que venceu a prova algarvia em 2011 e 2013, e menos 28 do que o britânico Geraint Thomas, que defende o título conquistado no ano passado.

O espanhol Luis León Sánchez (Astana), que iniciou a etapa com a camisola amarela, sofreu uma queda durante o contrarrelógio e abandonou a corrida, agora liderada por Martin, com três segundos de vantagem sobre Thomas e 20 sobre o espanhol Ion Izagirre (Movistar), que hoje foi quarto, a 37 de Cancellara.

No sábado, o pelotão da 42.ª edição da corrida algarvia vai percorrer os 194 quilómetros, entre São Brás de Alportel e Tavira, da quarta e penúltima etapa.