Dark Mode 151kWh poupados com o Asset 1
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

A "cascata de fogo" em Yosemite que está a causar furor na Internet

À primeira vista, parece a lava de um vulcão que está a descer de um falésia. Fotógrafos e turistas registaram o fenómeno nas redes sociais na última semana.

i

O fenómeno acontece todos os anos no Parque Nacional Yosemite

Captura de ecrã/ @nationalparkgeek

O fenómeno acontece todos os anos no Parque Nacional Yosemite

Captura de ecrã/ @nationalparkgeek

O Parque Nacional Yosemite é uma das principais atrações turísticas de quem passa pelo estado da Califórnia nos Estados Unidos. Localizado nas montanhas da Serra Nevada, o local caracteriza-se pelo imenso vale, montanhas geladas e grandes paredes de granito, como o El Capitan e o Half Dome, onde famílias e montanhistas podem desfrutar da natureza. Na última semana, no entanto, o parque deu aos seus visitantes mais uma atração.

Trata-se de uma espécie de cascata de fogo, um fenómeno que acontece quando o sol ilumina as águas das cataratas Horsetail, dando a impressão de ser a lava de um vulcão que está a descer de um falésia de 480 metros de altura.

“Durante 10 minutos, todos nós nos sentamos lá, hipnotizados pela visão. Quando terminou, alguns tinham lágrimas nos olhos. Algumas pessoas batiam palmas e outros estavam em êxtase por finalmente ter a chance de ver [o fenómeno] depois de tentar sem sucesso durante anos”, conta a fotógrafa Sangeeta Dey, em entrevista à BBC.

O evento ganhou as redes sociais e os meios de comunicação nos Estados Unidos.

Whoa. ????:@sangeetadeyphotography More via the link in our profile. #yosemite #firefall

Una foto publicada por Esquire (@esquire) el

De acordo com o guarda-florestal, Ashley Mayer, a “cascata de fogo” é um fenómeno comum, apesar de nos últimos anos a seca na Califórnia ter afetado a sua visibilidade. “[Faz tempo que] Não se via assim tão bonita como este ano”, comenta surpreendido à BBC.

Segundo explica Mayer, acontece todos os anos na segunda metade do mês de fevereiro, desde que existam três condições básicas. Uma queda intensa de neve no parque, seguida do aumento da temperatura que permita derretê-la. Por fim, o último requisito é esperar a posição exata do sol durante o amanhecer. “O espetáculo depende do ângulo da luz”, explica o guarda.

“Estive sentada por horas, observando as nuvens passarem e rezando para que todas fossem embora. Finalmente, o sol moveu-se em direção à cascata e vi a cor da água a mudar”, descreve Dey.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.