Trabalhar no Facebook pode ser o emprego de sonho para muitos dos nossos leitores. E não é difícil imaginar porquê: afinal foi considerado um dos melhores sítios para trabalhar nos Estados Unidos da América. Mas nunca é fácil conquistar o coração de uma das maiores empresas do mundo. Ainda assim, a marca decidiu deixar algumas pistas à Business Insider e desvendou uma das perguntas que quer ver bem respondidas pelos candidatos a um trabalho na maior rede social do mundo.

No seu melhor dia de trabalho – o dia em que chegas a casa e pensas que tens o melhor trabalho do mundo -, o que teria feito nesse dia?

Miranda Kalinowski, a recrutadora da empresa com 13 mil empregados em 64 escritórios espalhados por todo o mundo, foi quem deixou escapar a pergunta chave. Ela admitiu que o Facebook era um meio competitivo, mas que esta é uma das questões que mais a entusiasma a ela e a todos os envolvidos no processo de escolha dos funcionários. É que a partir dela podem descobrir quais são as paixões dos candidatos e saber se partilham os mesmos valores que a empresa.

Mas qual será a resposta certa? De acordo com Miranda, será aquela que demonstrar “uma expressão genuína de orgulho e propósito” e que espelhar um desejo de cumprir a missão de “dar às pessoas o poder de partilhar e tornar o mundo mais aberto e conectado”. Mais um conselho: se pensa enviar o seu currículo para o Facebook, pense no que responderia se lhe perguntassem como agiria se se atrasasse para o trabalho. Consta que essa é uma das outras questões que surge nas entrevistas.