A espera acabou. O Milhões de Festa anunciou esta quinta-feira os primeiros nomes para o cartaz de 2016, com destaque para os suecos Goat, “um dos mais antigos namoros do festival”. A fazer-lhes companhia estarão os britânicos Sons of Kemet e o misterioso Domenique Dumont.

Inspirados pelo folclore da aldeia sueca de Korpilombolo, de onde (supostamente) são originários, e pelas coisas do psicadelismo, os Goat são uma banda de música alternativa e experimental que se escondem sobre máscaras primitivas. O primeiro álbum, World Music, foi lançado em 2012 e foi considerado pelo Guardian como um dos melhores discos do ano.

Sons of Kemet, o mais recente projeto musical do saxofonista Shabaka Hutchings, é um ensemble de percussões e metais que “catapultou o londrino mais uma vez para as bocas da crítica especializada”. “É como uma explosão jazz com o primitivismo rítmico dos tribalismos africanizados, um vírus infeccioso e impossível de conter”, garante o Milhões de Festa.

Domenique Dumont é um mistério. Ninguém sabe quem ele é e tão pouco de onde veio. A sua música é uma colisão de eletrónica, dub e pop. A “formula perfeita para as noites mais frias do Milhões”.

Com a primeira remessa de confirmações, foi anunciado ainda a curadoria com a promotora londrina Baba Yaga’s Hut, que irá permitir trazer a Portugal o rock dos Part Chimp, a eletrónica exploratória dos Tomaga e os “alienados” Evil Blizzard.

O Milhões de Festa irá regressar ao Parque Fluvial de Barcelos entre os dias 21 e 24 de julho. Os bilhetes já estão à venda por 50 euros nos locais habituais e na Bilheteira Online. A partir de 10 de maio, o preço dos ingressos gerais passará a ser de 60 euros.