É tudo uma questão de perspetiva. E da arte de fotografar. O fotógrafo Rick Du Boisson, que é também um químico de formação, capturou esta imagem que vale por si só: um navio gigante de 3.300 toneladas, que parece uma miniatura, e um iceberg que se estende a menos de dois metros de altura face ao nível da água, que parece um gigante da natureza.

O resultado: uma fotografia impressionante que desafia o olhar.

De acordo com a revista Time, o fotógrafo capturou a imagem este mês numa baía da Antártida, sendo que o navio estava a quase 200 metros de distância da câmara e o iceberg logo a escassos metros. “Os icebergs, em todas as suas várias formas, são espetaculares. A intensidade da cor azul é incrível”, disse Rick Du Boisson citado pela Time.

Enquanto neste caso se trata de ilusão visual, certo é que o maior iceberg alguma vez conhecido tinha mais de 270 quilómetros de comprimentos e 40 de largura.