Uma embarcação madeirense chamada “Ilhas do Mar” afundou-se hoje a 200 milhas a nordeste da Madeira, estando a Marinha portuguesa e a Força Aérea a tentar resgatar os 10 tripulantes, informou o capitão do porto do Funchal.

“De acordo com a informação do mestre da embarcação, tinham embatido noutra embarcação ou, pelo menos numa suposta embarcação, o que nós correlacionamos com o facto de, ontem [domingo], um navio da Marinha Mercante que passou naquele local ter reportado a existência de uma embarcação de cerca de sete metros à deriva”, afirmou Félix Marques.

O capitão do porto do Funchal adiantou que o alerta foi dado pelo mestre da embarcação, cerca das seis da manhã de hoje e que, na operação de resgate que está a decorrer desde a manhã, estão empenhados o navio “Schulz Xavier” — embora ainda não tenha chegado ao local, devido à distância – e o helicóptero sediado na ilha do Porto Santo.

A mesma fonte explicou que o contacto com o mestre da embarcação tem sido mantido regularmente e que a situação se complicou a partir pelas 10:30 de hoje, quando “as bombas de esgoto deixaram de ter capacidade para bombear a água”.

A capitania sugeriu ao mestre da embarcação para efetuar o abandono do navio para as balsas, tendo sido acionado o helicóptero estacionado no Porto Santo, que deverá chegar em breve ao local para resgatar os pescadores.