Kim Jong-un, líder norte-coreano, deu ordens para que o país esteja pronto a usar armas nucleares “a qualquer momento” por causa da crescente ameaça de inimigos, avança o The Guardian.

O aviso chega dias depois de terem sido lançados mísseis de curta duração na costa este do país. Kim Jong-un defende que o exército do país deve assumir uma postura militar “preventiva”, porque os inimigos estão a ameaçar a sobrevivência do Estado.

A Coreia do Norte foi alvo de sanções impostas pela ONU, depois de ter efetuado testes nucleares com uma bomba de hidrogénio em janeiro. Já depois das condenações da comunidade internacional, Kim Jong-un aprovou o lançamento de mísseis de curta duração na costa este do país. Esta não é a primeira vez que o país viola sanções internacionais e, por isso, o Conselho de Segurança das Nações Unidas reuniu-se na passada terça-feira para discutir um possível agravamento das sanções já impostas.