Dark Mode 75,5 kWh poupados com o MEO
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Hoje é um bom dia para mudar os seus hábitos. Saiba mais

Mitt Romney diz que Donald Trump é "um impostor"

O ex-candidato republicano acusou o magnata Donald Trump de ser "um impostor" e "uma fraude". Discurso de Romney acontece em dia de debate entre os candidatos republicanos.

i

Bill Pugliano/Getty Images

Bill Pugliano/Getty Images

Mitt Romney, ex-candidato republicano à Casa Branca em 2012, disse esta quinta-feira que o magnata Donald Trump é “um impostor” e “uma fraude”. De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, Romney incentivou os republicanos a apoiarem os adversários de Trump — neste momento, Ted Cruz, Marco Rubio e John Kasich. “Um desses homens deve ser o nosso nomeado”, disse.

“As promessas [de Trump] são tão inúteis quanto uma graduação na Universidade Trump”, referiu Romney — declarações que, mais tarde, foram publicadas pelo próprio no Twitter –, insistindo na ideia de que, ao apoiarem Trump, os norte-americanos sair-se-ão defraudados. Romney falou para uma plateia de cerca de 600 pessoas no Hinckley Institute of Politics, em Salt Lake City, um discurso que acontece no dia de mais um debate entre candidatos republicanos, no canal Fox News.

A tomada de posição de Mitt Romney não é inédita: nas últimas semanas, Romney lançou várias críticas a Donald Trump nas redes sociais, chegando mesmo a desafiar o magnata a divulgar as suas declarações fiscais. Num tweet recente, argumenta que alguém “tão desonesto como Hillary Clinton não deve tornar-se presidente” dos Estados Unidos da América, mas que “a nomeação de Trump permite a sua vitória”.

Entretanto, Trump já reagiu às declarações de Romney. Em entrevista ao canal MNSBC, o candidato revelou que Romney “implorou” pelo seu apoio há quatros (quando Mitt Romney era candidato à Casa Branca), criticando-o por ter tido “uma das piores” campanhas “da história presidencial” norte-americana.

Porém, segundo o The New York Times, a relação entre os dois republicanos era de facto muito diferente há quatro anos. Certa vez, Mitt Romney disse que Trump tinha uma “extraordinária capacidade de compreender o funcionamento da economia”. E, na altura, Trump também não poupava nos elogios a Romney: “O Mitt é forte, é esperto, é inteligente e não vai permitir que coisas más continuem a acontecer a este país”.

Neste momento, o magnata é o candidato mais bem colocado para conseguir a nomeação republicana. Esta terça-feira, triunfou de norte a sul do país em 7 dos 11 Estados que foram a votos na chamada “Super Terça-Feira”, um dia tido como crucial nas eleições Primárias norte-americanas.

Editado por Rita Ferreira.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.