Uma mãe que conduzia, na Catalunha, sob o efeito de álcool, foi detida depois de o filho de 11 anos a denunciar. Mas não foi fácil, pois o rapaz teve de fingir que precisava de ir à casa de banho para que a mãe parasse numa bomba de gasolina. Depois, quando saiu do carro, a criança pediu a um funcionário que chamasse a polícia, denunciando a mãe.

O acontecimento deu-se depois de a mãe ter ido buscar os seus dois filhos a um centro de menores, onde ambos estão sob a tutela do Estado devido aos antecedentes da progenitora, acusada de roubo e com um historial de violência contra os filhos e um professor do centro residencial de menores de Girona, na Catalunha.

Quando chegou, a polícia deteve a mãe das crianças. Durante a detenção, a mulher encontrava-se num estado bastante alterado, insultando tanto os filhos como os agentes. Quando lhe foi pedido, negou-se a fazer um teste de rastreio de drogas ou álcool.

Depois da detenção, as crianças regressaram ao centro de menores. Uma equipa de proteção a crianças e adolescentes, composta por psicólogos, ficou de rever o regime de visitas da detida aos filhos.