Dá-se por oficialmente terminada a temporada das semanas de moda mais importantes do mundo. Depois de cinco semanas com desfiles em Nova Iorque, Londres e Milão, a moda aterrou na Paris Fashion Week e encerrou o seu roteiro internacional com as coleções de outono/inverno 2016-17 de Louis Vuitton e Miu Miu. Mas nem só de marcas icónicas e criadores ousados são feitas as fashion weeks. As modelos são uma parte fundamental do puzzle e correm de ensaio para ensaio, com saltos de vários centímetros, para darem vida às peças de cada estação.

Quando pensamos nas manequins que mais desfilaram é provável que os nomes Gigi Hadid, Kendall Jenner ou mesmo Sara Sampaio lhe venham à cabeça. Mas por muito que a modelo portuguesa tenha deslumbrado na abertura do desfile de Elie Saab, em Paris, esta apenas pisou quatro passerelles — um número pequeno quando comparado com os 71 desfiles da manequim russa Lia Pavlova e os 62 desfiles da sua irmã gémea, Odette Pavlova.

Também Kendall Jenner e Gigi Hadid que desfilaram 12 e nove vezes, respetivamente, ficam no fim da lista se olharmos para o número de vezes que Lineisy Montero (61) ou mesmo Maria Borges (14) vestiram peças para a próxima estação fria.

Models present creations for Christian Dior during the 2016-2017 fall/winter ready-to-wear collection fashion show on March 4, 2016 in Paris. AFP PHOTO / FRANCOIS GUILLOT / AFP / François GUILLOT (Photo credit should read FRANCOIS GUILLOT/AFP/Getty Images)

O desfile da casa Dior foi uma das 60 passerelles pisadas pela modelo Marjan Jonkman no último mês. (foto: FRANCOIS GUILLOT/AFP/Getty Images)

Porque é que as modelos mais conhecidas são aquelas que desfilam menos? Algumas modelos chegam a desfilar mais de 50 vezes por mês não porque é financeiramente mais vantajoso mas porque ganham mais exposição com isso. O contacto com editores, fotógrafos, estilistas e diretores de castings é fundamental para avançarem na sua carreira de modelo.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

No caso específico de Hadid e Jenner, ambas chegaram a um ponto da carreira em que os clientes que querem trabalhar com elas já são seguidores assíduos do seu trabalho. Desta forma, preferem antes ter o máximo impacto com o mínimo de presenças. O mesmo se pode dizer de Joan Smalls, Irina Shayk e de Sara Sampaio — que dispensam apresentações.

Em fotogaleria, reunimos a lista das 20 modelos que mais desfilaram nas semanas de moda internacionais desta estação. Caso para dizer: as coleções para a estação mais fria do ano ficaram bem entregues.