Uma avalanche no Monte Nevoso, nos Alpes italianos, provocou a morte de, pelo menos, seis pessoas. De acordo com a agência de notícias italiana ANSA, no local estavam cerca de dez esquiadores experientes, que se preparavam para subir uma das montanhas do Rieserferner, um grupo montanhoso na zona de Valle Aurina, junto à fronteira com a Áustria. Uma pessoa ficou ferida.

A neve começou a deslocar-se por volta das 11h51. Alguns dos esquiadores conseguiram escavar buracos e libertar-se da neve, mas é possível que ainda existam pessoas soterradas e que o número de mortos aumente. Até ao momento, foram resgatadas oito pessoas.

Na zona estão várias equipas de resgate, apoiadas por quatro helicópteros. A grande altitude e o número de pessoas envolvidas têm complicado a resgate, explicou à ANSA Rafael Kostner, responsável pela operação. “Os helicópteros estão a ter dificuldades em atingir altitudes superiores aos três mil metros”, disse Kostner. “Estão a voar com muito pouco combustível e todo o material desnecessário está a ser deixado no chão.”