Vai nascer um novo programa de promoção do emprego jovem em Braga. Trata-se do Skills Lab, uma iniciativa para apoiar ideias de negócio e aproximar jovens licenciados ao mercado de trabalho. Os 24 selecionados, que deverão ter menos de 30 anos, vão poder trabalhar “num laboratório de competências e ideias”. Têm até 15 de abril para concorrer.

A formação começa a 4 de maio e terá a duração de seis meses. Para os primeiros três, está previsto um programa de ação-formação com os candidatos, a que se segue um período de incubação, no qual os participantes podem contactar diretamente com empresas e com o mercado de trabalho. Isto vai permitir que criem e desenvolvam novos modelos de negócio e desenvolvam competências pessoais, com vista à entrada no mercado de trabalho.

Os participantes vão ser agrupados em “equipas multidisciplinares” e vão ter direito a uma bolsa “para apoio às despesas inerentes à frequência do programa”. O objetivo da iniciativa é o de que os 24 participantes “estejam melhor preparados para enfrentar um mercado cada vez mais global” quando esta terminar, acrescentam.

Na apresentação da iniciativa, o presidente da InvestBraga, Carlos Oliveira, sublinhou que esta “não se cinge apenas a projetos baseados em conhecimento, inovação e que possam gerar exportação”, abrangendo “qualquer tipo de ideias que os jovens licenciados possam ter”. O objetivo, anuncia, é potenciar estes jovens para que possam criar o seu próprio emprego ou, em alternativa, integrar quadros de empresas já existentes.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Segundo dados do INE (Instituto Nacional de Estatística), em dezembro de 2015 quase um em cada três (31%) jovens portugueses encontravam-se desempregados. Um problema que o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, considera “um dos maiores dramas da sociedade” e que o programa quer ajudar a combater.

O programa nasce pela mão da Fundação Bracara Augusta, da InvestBraga e da Câmara Municipal da cidade, tendo ainda o apoio da Bosch e de “várias entidades e empresas locais”, segundo adianta o comunicado. Decorrerá em Braga, integrando o programa que torna a cidade, em 2016, na Capital Ibero-Americana da Juventude.

Texto editado por João Cândido da Silva