O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, afirmou esta quarta-feira que o acordo com a Turquia vai cumprir a lei ou a “Europa já não será a Europa”.

“O objetivo da cimeira é muito claro: concluir um acordo para fortalecer ainda mais a nossa cooperação com a Turquia e para conter o fluxo de imigrantes da Turquia para a Europa”, afirmou Donald Tusk numa conferência de imprensa antes do final da cimeira social tripartida com a Comissão Europeia e os parceiros sociais na UE, citado pela agência EFE.