Já na comparação com o mês anterior, a produção no setor da construção aumentou 3,6% na média dos 19 países da moeda única e 1,6% na dos 28 Estados-membros, depois de, em dezembro de 2015, ter recuado 0,7% na zona euro e 0,1% na UE na variação em cadeia.

Em Portugal, a produção no setor da construção caiu, em janeiro, em termos homólogos (-3,3%), mas registou uma ligeira subida face a dezembro de 2015 (0,9%).

Segundo o gabinete oficial de estatísticas da UE, as subidas mais significativas em termos homólogos registaram-se em Espanha (20,3%), na Suécia (18%) e na Eslováquia (16,4%), enquanto os principais recuos foram observados na Eslovénia (-23,4%), na Hungria (-20,2%) e na Bulgária (-10,7%).

Na variação em cadeia, França (7,3%), Alemanha (7,0%) e a Espanha (2,6%) tiveram as subidas mais acentuadas e as maiores quebras registaram-se na Hungria (-13%), Roménia (-6,5%) e Eslováquia (-6,2%).