Pilar del Río, presidente da Fundação Saramago, e António Pires de Lima, antigo ministro da Economia de Pedro Passos Coelho, vão ser “membros independentes e não executivos do Conselho de Administração” da Media Capital, o grupo que detém a TVI.

A informação foi avançada esta sexta-feira pela própria Media Capital, em comunicado. “A integração dos nomes de António Pires de Lima, ex-ministro da Economia, com vasta experiência profissional na área da gestão, e de Pilar del Rio reconhecida personalidade ligada à cultura e defesa da língua portuguesa, vem valorizar e enriquecer as competências deste Conselho”, justifica o grupo.

Além de Pires de Lima, ex-ministro e antigo presidente da Unicer, e Pílar del Río, viúva de José Saramago e jornalista com passagens por vários órgãos de comunicação espanhóis, também Agnés Noguera Borel, administradora delegada da Libertas, S.A. assume funções não executivas no conselho de Administração da Media Capital. Manuel Polanco e José Luiz Sáinz Diaz transitam do anterior mandato.

Ainda de acordo com o comunicado da Media Capital, Miguel Pais do Amaral mantém-se como presidente não executivo do Conselho de Administração do grupo e a atual administradora delegada da Media Capital, Rosa Cullell Muniesa, será reconduzida nas suas funções executivas.