Ministro da Educação

Conservatório Nacional é uma das prioridades do Governo

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, garante que o Conservatório Nacional é uma das prioridades deste Governo e que o edifício irá sofrer obras de recuperação no próximo ano letivo.

LUSA

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, afirmou este sábado que o Conservatório Nacional é uma das prioridades deste Governo e que o edifício irá sofrer obras de recuperação no próximo ano letivo.

Tiago Brandão Rodrigues falava à imprensa no Conservatório Nacional onde hoje foi ouvir um concerto de alunos de música do 2.º ciclo do ensino básico integrado na iniciativa “Os dias do Conservatório”, a decorrerem até domingo.

“A Escola de Música do Conservatório Nacional é uma das prioridades de intervenção deste Ministério da Educação”, disse Tiago Brandão Rodrigues sublinhando que foi proposta uma calendarização para que as obras se realizem naquele espaço até ao final do próximo ano letivo.

Segundo o ministro, neste momento ainda se está a pensar o projeto para depois de poderem começar as obras no Conservatório Nacional.

As verbas para a remodelação da Escola de Música do Conservatório Nacional, que funciona no Convento dos Caetanos, estão consignadas no Orçamento do Estado para 2017, referiu o governante.

“As necessidades estão neste momento a ser estudadas, a ser equacionadas, e o no Orçamento do Estado para 2017 estão consignadas verbas para fazer as obras aqui”, acrescentou.

Tiago Brandão Rodrigues não referiu qual o montante a despender nas obras, considerando que isso seria arriscado já que ainda não há projeto feito.

Também a diretora da Escola de Música do Conservatório Nacional (EMCN) disse não haver qualquer estimativa do custo das obras, uma vez que só se saberá quanto vão custar quando existir um projeto.

Sobre a calendarização das obras, o ministro disse que dependerá do projeto e que esse diálogo será feito com a escola e as entidades que farão a obra.

O concurso para o lançamento da obra também será feito no próximo ano letivo, acrescentou, sublinhando, porém, que o Conservatório Nacional “é uma prioridade” deste Executivo.

No início desta semana, a diretora da EMCN, Ana Mafalda Pernão, disse à Lusa esperar que as obras de intervenção no edifício aconteçam no final do ano letivo de 2017.

Ana Mafalda Pernão falava no final de uma reunião com a secretária de Estado adjunta e da Educação, Alexandra Leitão, na qual foi discutido o programa de recuperação e requalificação da escola, que implicará uma transferência temporária das escolas de música e de dança, para outros espaços.

“Não aguentamos mais do que um inverno. Não podemos ficar aqui por muito mais tempo, sem obras profundas. Esperamos que, no final do próximo ano letivo, em 2017, se iniciem as obras”, afirmou na altura a diretora.

A reunião ocorreu na véspera do início do programa “Os dias do Conservatório”, que, até domingo, inclui concertos, debates, exibições de cinema e uma feira do livro e do disco, a realizar no edifício da escola, precisamente para mostrar o trabalho de alunos e professores e angariar fundos.

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Política

Podemos falar de coisas sérias?

Salvador Furtado

Outubro já não está assim tão distante, e o governo sabe isso. Mas o assunto da maior carga fiscal de sempre? E o da corrupção? E o de sermos um dos países com um dos piores crescimentos da zona euro?

Ambiente

A onda verde na UE e os nacionalismos

Inês Pina

Se hoje reduzíssemos as emissões de CO2 a zero já não impedíamos a subida de dois graus centígrados. E estes “míseros” dois graus vão conduzir ao fim das calotas polares e à subida do nível do mar.

Finanças Públicas

Como evitar um 4º resgate? /premium

Paulo Trigo Pereira

Portugal necessita de mais doze anos (três legislaturas completas) de crescimento económico e de finanças públicas quase equilibradas para sair da zona de risco financeiro em que ainda se encontra.

Brexit

Boris Johnson /premium

João Marques de Almeida

Em Londres, só um louco ou um suicida é que defenderiam o acordo assinado com a União Europeia. Resta saber se os líderes europeus terão a lucidez de reconhecer o evidente: o acordo que existe morreu.

Ambiente

A onda verde na UE e os nacionalismos

Inês Pina

Se hoje reduzíssemos as emissões de CO2 a zero já não impedíamos a subida de dois graus centígrados. E estes “míseros” dois graus vão conduzir ao fim das calotas polares e à subida do nível do mar.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)