Apoiantes do Estado Islâmico lançaram um vídeo a colocar Londres, Berlim e Roma como os próximos alvos de atentados. Contudo, os especialistas dizem que a propaganda dos terroristas está em crise.

“Combate-os, Alá vai castigá-los com as suas mãos” é o nome do vídeo que pede aos extremistas para matarem os “infiéis onde quer que estejam”, segundo conta o The Independent.

O vídeo mostra excertos dos ataques em Paris e Bruxelas, bem como do 11 de setembro de 2001. “Ontem foi Paris, e hoje Bruxelas, Alá sabe onde será amanhã”, diz o narrador em inglês. “Pode ser Londres ou Berlim ou Roma.”

As imagens foram lançadas esta segunda-feira dia 4 de abril por um grupo chamado Al Wa’ad Media Production, que segundo ativistas em Raqqa são apoiantes do Estado Islâmico. Reclamando a responsabilidade pelos atentados que mataram mais de 30 pessoas em Bruxelas, os militantes ameaçam trazer mais “dias negros” à Europa.

Em declarações ao The Independente, o especialista francês em jihadismo, Gilles Kepel, diz que a propaganda feita pelo Estado Islâmico tem-se tornado “confusa”. “A sua comunicação está em crise. Estes ataques indiscriminados caíram em cidades multiculturais com precisamente o tipo de população muçulmana que eles querem recrutar”, disse Kepel. “Estas ações não têm unido os muçulmanos.”