Guatemala

Guatemala. Cônsul português nos Panama Papers

Juan Manuel Díaz-Durán Méndez fundou e é sócio da Díaz-Durán y Asociados, que estará envolvida num esquema de uma criação de offshore para a narcotraficante Marllory Chacon.

Autor
  • Hugo Tavares da Silva

Juan Manuel Díaz-Durán Méndez, cônsul honorário de Portugal na Guatemala e deputado do país, está associado ao Panama Papers, conta o DN. A ligação de Méndez ao escândalo dos paraísos fiscais terá a ver com a relação entre o seu escritório de advogados e a Mossack Fonseca, que está no centro do furacão.

Méndez fundou e é sócio da Díaz-Durán y Asociados, que estará envolvida num esquema de criação de uma offshore para a traficante de droga Marllory Chacon — a empresa chama-se Brodway Commerce Inc e foi fundada em 2008. A “Queen of the South”, como é conhecida na Guatemala, entregou-se o ano passado nos Estados Unidos, onde terá sido uma peça chave numa investigação. Em troca, Marllory Chacon Rossell obteria discrição: o juiz não diria o tempo e data de libertação da narcotraficante, contava então a BBC.

No domingo, dia em que estalou o escândalo, o jornal Prensa Libre já dava conta das ligações de Marlloy Chacón Rossel à Mossack Fonseca, juntando-se ainda um nome extra: Francisco Palomo, ex-magistrado do país (assassinado em junho de 2015). A peça do jornal da Guatemala já referia a Díaz Durán y Asociados: “A empresa [Brodway Commerce Inc.] foi incorporada pela Mossack Fonseca no Registo Público do Panamá em outubro de 2008, para a seguir vendê-la. No final desse ano, o advogado Francisco Palomo reservou-a por intermédio de representantes da firma de advogados na Guatemala Díaz Durán y Asociados”.

Segundo o jornal local La Hora, o escritório de advogados Díaz-Durán y Asociados reagiu num comunicado, negando ter tido relação direta ou indireta com Marllory Chacón Rossel.

O mesmo jornal revela que o cônsul honorário de Portugal na Guatemala tem tido peso no país. Em 2010, por exemplo, participou na eleição dos magistrados para a Suprema Corte de Justiça, assim como para o Ministério Público. Mendéz foi também fundador da Faculdade de Direito e Justiça da Universidade de San Pablo da Guatemala.

Mendéz é licenciado em Ciências Jurídicas e Sociais e tem pós-graduações em Direito Internacional Privado e Propriedade Intelectual — estas duas últimas em Espanha. De regresso à Guatemala, tornou-se mestre em Direito Económico Mercantil e em Direito Parlamentar. A informação está na sua página do escritório de advogados que fundou.

Juan Manuel Díaz-Durán Méndez foi nomeado cônsul honorário de Portugal em setembro de 2012, através de um despacho assinado por Paulo Portas, o então ministro dos Negócios Estrangeiros.

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)