A tradição ainda é o que era, pelo menos no que respeita à eleição do “Melhor Pastel de Nata” durante o Peixe em Lisboa, festival gastronómico que decorre até dia 17 de abril no Terreiro do Paço.

Mas se a tradição ainda é o que era no que respeita ao certame, não o é em relação ao vencedor. Nem aos outros dois ocupantes do pódio. Desta vez foi a pastelaria Fim de Século, em Benfica, a levar para casa o tão almejado título, tendo recolhido a preferência do júri composto pelo gastrónomo Virgílio Nogueiro Gomes (o respetivo presidente), pelo enólogo Domingos Soares Franco, pelo chef pasteleiro António Marques, pela jornalista Alexandra Prado Coelho e pelo chef de cozinha Pedro Sommer Ribeiro.

No segundo e terceiro lugar ficaram, respetivamente as pastelarias Patyanne (Castanheira do Ribatejo) e a Batalha (na Venda do Pinheiro, perto de Mafra). Entre os outros participantes estavam alguns que foram premiados em anos anteriores, como a tricampeã Aloma, o Balcão do Marquês ou Hotel Real Parque, além da Biarritz, Pão de Mel, Pãozinho da Maria, Zarzuela, Polo Norte ou Tulipa Dourada.

É importante ressalvar que a participação no concurso é voluntária por parte das pastelarias e apenas são consideradas aquelas que tenham pontos de venda no distrito de Lisboa.