primavera_norte (1)

No Convento do Carmo, em Braga, dança-se. O espaço de lazer recebe na sexta-feira um concerto dos Youthless e, depois, há clubbing pela noite dentro, com o DJ A Boy Named Sue como nome principal. O concerto custa cinco euros e os bilhetes para o clubbing custam 10.

Regina Duarte apresenta “Bem-Vindo Estranho na Casa das Artes de Famalicão. Esta história sobre a relação conturbada entre mãe (Regina Duarte) e filha (Mariana Loureiro) pode ser vista entre quinta-feira e sábado, às 21h30, e domingo às 17h00. Os bilhetes custam 22 euros.

Por falar em artistas brasileiros: dois dos seus maiores nomes vão pisar o palco do Coliseu do Porto, no domingo e na segunda-feira à noite. Caetano Veloso e Gilberto Gil, dois amigos, ambos com 73 anos e ambos com 50 anos de carreira. Vai daí e criaram a digressão “Dois amigos, um século de música”, onde apresentam juntos canções como “Coração vagabundo”, de Caetano Veloso, “Toda menina baiana”, de Gilberto Gil, ou “Domingo no parque”, que gravaram ao vivo em 1969 para o álbum Barra 69. Os bilhetes custam entre 25 e 85 euros e estão a desaparecer rapidamente das bilheteiras.

Diz quem sabe que o bom tempo está quase a chegar. Bem a tempo de proporcionar um dia feliz a quem quiser ir ao evento “A Primavera no Parque“, em Serralves, sábado às 15h30. A visita vai ser orientada pelo diretor do Parque e vai permitir ver o que o sol e as temperaturas mais amenas fazem às flores e restantes espécies que ali crescem. O custo é de seis euros e o passeio é só para 35 pessoas, pelo que o melhor é fazer a inscrição rapidamente (o evento “Serralves ao Luar”, na noite anterior, já está esgotado).

sangue-del-mio-sangue

“Sangue del mio sangue” é um dos 10 filmes que a Fsta do Cinema Italiano leva ao Porto

Depois de Lisboa, Cascais e Coimbra, o 8 ½ Festa do Cinema Italiano arriva a Porto esta quinta-feira. Até domingo, vão ser exibidos no Teatro Municipal Rivoli e no Cinema Passos Manuel 10 filmes. Sábado, às 18h40, por exemplo, passa “Sangue del mio sangue”. Exibido no Festival de Veneza, o filme do veterano Marco Bellochio passa-se em duas épocas separadas por centenas de anos. Para a sessão de encerramento, domingo às 19h00, está reservada a antestreia nacional de “Pais e Filhas”, do realizador Gabriele Muccino e com Russell Crowe no principal papel. Os bilhetes custam quatro euros.

As noites de domingo não costumam ser muito animadas. Mas o caso muda de figura quando na segunda-feira seguinte é feriado, como é o caso. Paulo Furtado, na pele de Legendary Tigerman, vai estar no Armazém do Chá, no Porto, enquanto DJ. A noite reserva mais DJs e um concerto dos The Sick Six.

primavera_centro (1)

Livros grátis em Santarém? Sim, e não só. A próxima Viagem Literária, organizada pela Porto Editora, leva Teolinda Gersão e o finalista do Man Booker International, José Eduardo Agualusa, ao Teatro Sá da Bandeira. Para além de a entrada ser gratuita, ainda vão ser oferecidos livros de nomes como Albert Camus, Ernest Hemingway, Isabel Allende, John Steinbeck, José Saramago, Luis Sepúlveda, Manuel António Pina, Mário de Carvalho, Miguel Esteves Cardoso, Patrick Modiano ou Valter Hugo Mãe. Tudo acontece no Dia Mundial do Livro, a 23 de abril, sábado, a partir das 17h00.

Depois dos festivais de artes e dos festivais de gastronomia, eis que este fim de semana surge o primeiro Festival de Caminhadas. Vai acontecer na Pampilhosa da Serra, em Coimbra, de sexta-feira a domingo, e oferece percursos pedestres temáticos — “Flora e Fauna na Aldeia do Xisto de Fajão”, por exemplo –, música, workshops e gastronomia serrana. A inscrição é obrigatória e o preço para os três dias é de 35 euros. Também é possível fazer a inscrição apenas para um dia: sábado tem um custo de 30 euros e domingo apenas 10 euros.

pampilhosa da serra barragem santa luzia

Sim, vai nascer o primeiro Festival de Caminhadas. A paisagem da Pampilhosa da Serra dá vontade de ir. © C.M. Pampilhosa da Serra

Também em Coimbra, o renovado Convento São Francisco continua a mostrar que tem objetivos culturais altos e, na sexta-feira, às 22h00, recebe um concerto dos pianistas Pedro Burmester e Mário Laginha. Os dois vão aproveitar para homenagear o falecido pianista Bernardo Sassetti. Os bilhetes custam 15 euros.

O bom tempo convida a caminhadas e também a piqueniques. Para aquelas pessoas que nunca sabem o que fazer para um almoço ao ar livre, o Centro Ciência Viva da Floresta, em Proença-a-Nova, Castelo Branco, acolhe a oficina de finger food. Isso mesmo, aprender a preparar petiscos como pastéis de massa tenra, empadas de galinha com pimentos morrones, muffins salgados de azeitona, bacon, cebolinho e parmesão, bolachas e muito mais. A formadora Mónica Pereira vai estar disponível entre as 10h00 e as 20h00 para ensinar tudo o que sabe. Participar custa 30 euros.

primavera_sul (1)

Os cinéfilos têm razões para sorrir. Começou esta quarta-feira a 13.ª edição do IndieLisboa – Festival Internacional de Cinema Independente. Até 1 de maio há 289 filmes para ver, entre longas e curtas-metragens, pelo que vale a pena conhecer os 10 filmes a não perder, segundo o nosso crítico Eurico de Barros. Quem é fã de Janis Joplin não querer ver “Janis: Little Girl Blue”, sexta-feira às 21h30 no Cinema S. Jorge. Nas sessões especiais teremos “O Cinema, Manoel de Oliveira e eu”, obra que o realizador João Botelho fez como declaração de amor à obra do mestre, que morreu no ano passado. O reencontro com Manoel de Oliveira está marcado para domingo, às 18h00, no grande auditório da Culturgest. Bilhetes entre os 3,20 e os seis euros.

Sexta, sábado e domingo são Dias da Música em Belém. O tema da edição deste ano é “A volta ao mundo em 80 concertos”, inspirado no famoso romance A Volta ao Mundo em 80 Dias, de Júlio Verne. O concerto de abertura acontece na sexta, às 22h00, com a Orquestra Metropolitana a tocar sob o tema “A Representação do Outro”, com obras de Claude Debussy (Iberia), Manuel de Falla (Noches en los Jardines de España) e Nikolai Rimsky-Korsakov (Scheherazade), dirigida pelo maestro Pedro Amaral e com Josep Colom no piano. A encerrar, domingo, às 21h30, será a Orquestra Metropolitana Portuguesa a estar em palco, dirigida pelo maestro Domenico Longo, e conta ainda com a participação do Coro do Teatro Nacional de São Carlos, da soprano Cristiana Oliveira e da meio-soprano Cátia Moreso. Vão ouvir-se obras de Edward Elgar, Giuseppe Verdi, Léo Delibes, Giacomo Puccini, Aaron Copland, Leonard Bernstein, e ainda, Edward Elgar. Os bilhetes variam consoante o concerto escolhido.

E há mesmo muita música este fim de semana. No domingo, a Aula Magna recebe a estreia em Portugal de Rodrigo y Gabriela. E já não era sem tempo. Os dois virtuosos mexicanos fazem a festa com apenas duas guitarras, mas que bastam para encher uma sala de flamenco e de rock. O concerto está marcado para domingo, às 21h30, com bilhetes entre os 26 e os 35 euros. Na dúvida, é ver o vídeo que se segue.

Em 1995, os Pop Dell’Arte lançaram Sex Symbol, casa que alberga canções como “Poppa Mundi”, “My Funny Ana Lana”, “Be Bop” e “Orange Kaleidoscope”. Já lá vão 21 anos mas João Peste não esquece. Vai daí e, na sexta-feira, junta-se a Luís San Payo e companhia para o recriar ao vivo, no palco do lisboeta Titanic Sur Mer, de Manuel João Vieira. Da segunda parte do espetáculo farão parte outras canções, de outras épocas. Para ver e ouvir a partir das 23h00, em troca de oito euros.

No sábado, entre as 11h00 e as 18h00, o Museu Nacional de História Natural e da Ciência da Universidade de Lisboa comemora o 34.º aniversário do famoso microcomputador ZX Spectrum. Foi montada uma exposição de objetos dos anos 1980, onde estarão também a primeira versão do popular ZX Spectrum, as principais criações da engenharia portuguesa da Timex, os computadores domésticos ingleses Sinclair ZX80 e ZX81 (antecessores do Spectrum) e até algumas imitações produzidas em várias partes do mundo. Para alegria de quem tem saudades, também vai ser possível experimentar o microcomputador ZX Spectrum e conversar com colecionadores. O acesso é gratuito.

Para os mais pequenos (e não só), o Campo Pequeno, em Lisboa, acolhe o Meo Fan Event, uma espécie de terra encantada para quem gosta de construções, jogos, brinquedos e modelismo. Para além das tradicionais construções com peças LEGO, o evento conta também com construções realizadas com peças de outros sistemas de construção, como a Mega Blocs. O “maior Titanic do mundo” feito em Lego, com 220 mil peças e que pesa 250 quilos, vai ser difícil perder de vista. A entrada é gratuita para crianças até aos 3 anos. Dos 4 aos 10 anos é preciso pagar cinco euros e, a partir dos 11 anos, seis euros. Inaugura no sábado.

Quem aprecia um bom prato e um bom vinho deve pôr-se a caminho do Centro de Congressos de Arade, no Algarve. É lá que vai estar o Lagoa Wine Show, entre quinta-feira e domingo. Há vinho a copo para as prova, claro, e workshops para despertar o enólogo que há dentro de cada um. Entre quinta e sábado há um concerto para animar a malta. Por ordem cronológica sobem ao palco Rodrigo Leão, António Zambujo e Deolinda. O copo para as provas custa cinco euros e o bilhete para cada concerto custa 10 euros.

primavera_ilhas (1)

David Fonseca ruma ao Teatro Micaelense, em Ponta Delgada, onde vai apresentar o seu novo álbum Futuro Eu. O espetáculo acontece no sábado a partir das 21h30. Os bilhetes custam entre 15 e 18,50 euros.

Na Madeira há concerto gratuito dos Deolinda, incluído nas celebrações do 25 de abril. O espetáculo acontece no Largo do Município, no Funchal, sábado às 21h30.