O corpo do homem que ao início da manhã desta sexta-feira caiu ao rio Tâmega, em Chaves, foi avistado pelos mergulhadores por volta das 12h45, a cerca de um quilómetro do local onde desapareceu, afirmou fonte dos bombeiros.

Segundo o comandante dos bombeiros de Salvação Pública, José Carlos Silva, o corpo foi descoberto instantes depois de os mergulhadores entrarem no rio, na zona onde tinha sido avistado pela última vez, decorrendo neste momento as operações de retirada da água.

No terreno estão cerca de 40 operacionais, entre bombeiros de Salvação Pública, Flavienses e do Vidago, GNR, PSP, Sapadores Florestais e mergulhadores de Peso da Régua e de Vila Real (Cruz Branca).

Segundo testemunhos no local, o homem terá escorregado por volta das 07h50 quando atravessava o rio Tâmega pelas ‘poldras’, um conjunto de pedras dispostas umas a seguir às outras que servem de passagem pedonal e que se localizam perto das caldas de Chaves.