Arqueólogos do Taiwan encontraram um fóssil de uma mulher a segurar uma criança nos braços e a olhar na sua direção. O fóssil tem cerca de 4.800 anos.

Chu Whei-lee, o curador do departamento de antropologia do Museu Nacional de Ciências Naturais, afirmou: “Quando foram desenterrados os fósseis, todos os arqueólogos, assim como o pessoal que estava no local, ficaram chocados. Porquê? Porque a mãe estava a olhar para baixo, para o bebé que tinha nos braços”.

A exploração arqueológica em Taichung, no Taiwan, encontrou ao todo 48 restos mortais dentro de sepulturas. Esta descoberta representa a descoberta de atividade humana mais antiga na ilha de Taiwan.

A escavação começou em maio de 2014 e demorou um ano até serem desenterradas todas as peças. Os arqueólogos utilizaram a datação por carbono para determinar a idade dos fósseis. Entre os corpos encontrados, encontram-se os de cinco crianças.