Adora abraçar o seu cão? É melhor pensar noutra forma de mostrar apreço pelo seu amigo de quatro patas. Stanley Coren — que estuda o comportamento canino da Universidade de British Columbia, em Vancouver, Canadá — publicou um artigo na revista Psychology Today onde escreve que os cães não gostam de ser abraçados.

O autor baseia as suas afirmações no facto de a linguagem corporal dos cães demonstrar sinais de stress cada vez que são abraçados. Ao relatar um episódio que presenciou quando uma mulher se dirigiu ao seu cachorro Ranger e o abraçou, Stanley Coren relata que viu o pequeno Retriever a demonstrar sinais de desconforto com o gesto.

O cão virou a cabeça para evitar o contacto visual, as orelhas caíram e bocejou de stress, o que o levou a aconselhar a mulher: “Não devia abraçar o cão. Os cães não gostam e o nível de stress deles aumenta.”

Depois deste episódio, o especialista em comportamento canino decidiu procurar dados que sustentassem as suas afirmações. Para isso Stanley Coren recolheu 250 imagens de pessoas a abraçarem os seus cães através de uma pesquisa no Google com as palavras-chave “cão”, “abraço”, “amor canino”, entre outras.

Depois da recolha das imagens, elaborou um ranking de desconforto dos animais, baseado nos sinais de ansiedade mostrados nas fotografias. Os resultados revelam que 82% dos cães nas imagens selecionadas apresentam pelo menos um sinal de stress.

Um abraço entre humanos é um sinal de afeto, mas os cães não interpretam este gesto da mesma forma. Segundo o especialista, os cães são tecnicamente animais cursoriais. Ou seja, reagem ao perigo fugindo a correr e quando confrontados com uma ameaça preferem utilizar a sua capacidade de fugir do que morder.

Sempre que abraça o seu cão está a privá-lo da liberdade de movimentos e a impedir que ele tenha uma hipótese de fuga rápida, o que faz com que os seus níveis de ansiedade aumentem. Se a ansiedade se tornar muito intensa, a probabilidade de que reaja a morder é mais elevada.

A melhor forma de demonstrar afeto pelo seu cão é passar-lhe a mão pela cabeça ou pela barriga, ou oferecer-lhe uma guloseima, conclui Stanley Coren. E se quiser posar para a objetiva com ele, o melhor é segurar no animal de lado, mas sem o abraçar.

Muitos amantes de animais estão céticos em relação às conclusões do especialista e têm publicado fotografias nas redes sociais onde mostram que os cães, afinal, até apreciam um bom abraço.

https://twitter.com/Luke_t90/status/725254239455322112