O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, desloca-se domingo e segunda-feira a Roma, onde se encontrará com o seu homólogo italiano e com a comunidade portuguesa residente em Itália.

Naquela que é a sua terceira viagem ao estrangeiro, o Chefe de Estado começará o programa com um contacto com representantes dos portugueses que moram em Itália e com professores italianos de língua portuguesa.

O encontro decorrerá ao final da tarde, na residência do embaixador de Portugal em Itália, Manuel Lobo Antunes.

O segundo e último dia da deslocação inicia-se com uma visita à exposição que junta obras de Correggio e de Parmagianino, dois pintores do Renascimento italiano (século XVI).

O antigo palácio papal e atual residência oficial do Presidente da Itália, o Palácio do Quirinal, alberga esta exposição que inclui obras emprestadas por museus do mundo inteiro.

No mesmo local, Marcelo Rebelo de Sousa irá depois encontrar-se com o seu homólogo italiano, Sergio Mattarella.

Anteriormente, o chefe de Estado português tinha estado no Vaticano, onde se encontrou com o papa Francisco, e em Espanha. Marcelo Rebelo de Sousa deslocou-se ainda a Estrasburgo, onde discursou no Parlamento Europeu.

Em maio, Marcelo Rebelo de Sousa ainda se deslocará a Moçambique e à Alemanha.