Quanto a títulos, a erguer um caneco no fim da época, o FC Porto tem ainda a final da Taça de Portugal frente ao Sp. Braga para o conseguir. Mas a Primeira Liga há muito que se foi e está a ser apenas disputada a dois, Sporting e Benfica.

No final do clássico desta noite que deu a vitória (3-1) ao Sporting, o presidente do FC Porto veio a terreiro assumir que os verde-e-brancos “estiveram melhor” durante o jogo, garantindo no entanto que “perder é sempre mau, se estivesse satisfeito não estava bom da cabeça.”

Pinto da Costa aproveitou ainda para deixar um outro elogio ao Sporting — que é também uma farpa ao Benfica: “O Sporting foi a equipa que apresentou maior dinâmica esta época. Se for campeão, acho que vence com toda a justiça. Foi beneficiado hoje e terá sido também noutro jogo. Mas não adianta dizer qual. Foram beneficiados em dois jogos. Enquanto alguns [Benfica] o foram não só em dois”, atirou.

Por fim, Jorge Nuno Pinto da Costa, sem teias nem peias como é seu apanágio, foi crítico em relação à arbitragem de Artur Soares Dias desta noite. E não só à de Soares Dias. “Os árbitros têm de marcar as grandes penalidades no Dragão. E não marcaram frente ao Paços de Ferreira, Rio Ave e Tondela. Na próxima época espero que não se assista ao espetáculo que estamos a assistir neste. Esta noite perdemos, não por falta de empenho nosso, mas por falta de competência de uma das três equipas [a de arbitragem] em campo. Toda a gente viu que o Aboubakar sofreu um penálti indiscutível. E acho que seria o segundo amarelo de Coates.”

E terminou, Pinto da Costa: “Espero que ele [Artur Soares Dias] não seja premiado com o final da Taça de Portugal. Hoje não teve uma arbitragem à altura.”