A GNR realizou na últimas 12 horas 70 detenções, metade por condução sob efeito de álcool, apreendeu 448 doses de haxixe e detetou 582 infrações de trânsito, a maior parte por excesso de velocidade.

Num conjunto de operações em todo o país, efetuadas entre as 20h00 de sábado e as 08h00 deste domingo, a Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve 70 pessoas em flagrante delito, dos quais 37 por condução sob o efeito do álcool, 24 por tráfico de estupefacientes, quatro por conduzirem sem carta e dois por posse de arma proibida.

Quanto às detenções, os militares encontraram 448 doses de haxixe, 127 doses de anfetaminas, 19 de LSD e oito de cocaína, mas também duas armas, uma de fogo e uma arma branca.

A fiscalização realizada ao trânsito detetou 188 casos de excesso de velocidade, 62 de condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, e 35 de falta de seguro de responsabilidade civil obrigatório.

Os automobilistas não tinham realizado a inspeção periódica obrigatória em 25 casos, apresentavam falta ou incorreta utilização do cinto de segurança para crianças em 22 situações e usavam indevidamente o telemóvel enquanto conduziam em nove casos. Os militares também registaram dois acidentes que originaram dois feridos graves e oito leves.