O presidente do Banco Central Europeu (BCE) alertou esta segunda.feira para o facto de as dúvidas “sobre o futuro da zona euro e da União Europeia” contribuírem para a “incerteza entre particulares e empresas”, o que pode reduzir o consumo e o investimento.

Num discurso no congresso anual do Banco Asiático de Desenvolvimento, que decorre em Frankfurt, na Alemanha, Mario Draghi considerou que “eliminar esta incerteza ajudaria a impulsionar o consumo e a desencadear o investimento” no continente europeu.

O líder do BCE acrescentou ainda não ter dúvidas de que “a reforma institucional na União Europeia e na zona euro têm benefícios económicos reais” e, nesse sentido, considerou que é aqui que está “uma parte essencial da solução” para aqueles que querem um regresso às taxas de juro normais.

Mario Draghi defendeu as medidas de política monetária adotadas pelo BCE para evitar uma situação de deflação na zona euro.