O tenista português João Sousa, 35.º do ‘ranking’ mundial, qualificou-se esta segunda-feira para a segunda ronda do Masters 1.000 de Madrid, torneio de terra batida, ao bater o francês Nicolas Mahut.

João Sousa superou o gaulês, 49.º da tabela ATP, em dois ‘sets’, por um duplo 6-4, num embate em que durou uma hora e 11 minutos.

O jogador português foi muito eficaz nos pontos decisivos, já que aproveitou os dois únicos pontos de ‘break’ que conquistou, um em cada parcial, e salvou seis pontos de ‘break’, todos no ‘set’ inicial.

Na segunda ronda, o melhor tenista luso enfrenta o espanhol Marcel Granollers, 53.º da tabela mundial, que entra diretamente nesta fase da prova.

Nos anteriores três confrontos com Granollers, João Sousa está em vantagem por 2-1: perdeu o primeiro, na edição 2012 de Roland Garros, mas, depois, venceu no Rio de Janeiro, em 2014, e em São Petersburgo, em 2015.